17752-400.jpg

Os preços da soja brasileira se mantiveram estáveis no início dessa semana, mesmo com a queda da moeda norte-americana, segundo informou o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com ele, a cotação em Chicago também registrou baixa.


soja-tocantins-390X257.jpg

De um lado, alguns atores do agronegócio tocantinense tentando subverter a ciência e as boas práticas agrícolas que garantem, por meio da sustentabilidade, que a terra seja produtiva infinitamente, ou dentro dos limites necessários ao equilíbrio do planeta e do bem estar e segurança alimentar da humanidade: o vazamento, denunciado por nós neste site, de que há um grupo de sojicultores que pleiteiam o fim do vazio sanitário nas várzeas do Tocantins, um dos maiores polos de produção de sementes de soja do Brasil.


Soja-390x257-1.jpg

O Paraná, tradicionalmente o segundo produtor de soja do Brasil após o Mato Grosso, deverá elevar a produção da oleaginosa em 22% na safra 2019/20, cujo plantio está próximo de começar, estimou na sexta-feira (23/08) o Departamento de Economia Rural (Deral), em sua primeira estimativa para a nova temporada.


download-390x257.jpg

A produção de soja, milho, arroz e algodão, os quatro principais produtos cultivados no Brasil, deve aumentar 3,6% até 2020, segundo o estudo Perspectivas para a Agropecuária, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), apresentado terça-feira (20/08) no Seminário Conjuntura da Economia Agrícola, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).


Plantacao2_HP-390x257.jpg

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (13/08) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação avançando 0,67%, para R$ 85,16/saca no mercado spot. Com isto, os ganhos da exportação em agosto avançaram para 10,18%.


1521641683-w-colheita-soja-390x257.jpg

O Brasil, maior exportador global de soja, tem a chance de se consolidar também como o maior produtor na temporada 2019/20, apesar de um aumento mais moderado no plantio, limitado pela guerra comercial EUA-China e pelo impacto da peste suína africana no rebanho chinês.


colheita-soja-RRRufino-arquivos-embrapa-390x257.jpg

A Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em recente manifestação (5/3/19) – valendo-se de estudos da Conab e de outras agências de avaliação – informou que a safra de grãos será maior em 2019, o clima será mais favorável, o PIB do agro crescerá 2% e o Valor Bruto da Produção (VBP) será 4,3% maior.


C26-tecnologia-de-producao-em-soja-e-milho-c28bbea960-1-e1528920503825.jpg

A oitava estimativa de 2018 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas totalizou 225,8 milhões de toneladas, 6,2% inferior à obtida em 2017 (240,6 milhões de toneladas), com redução de 14,8 milhões de toneladas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


soybeans-182295_640-1-e1527684800772.jpg

O cenário para a exportação da soja deverá manter-se aquecido, mas o milho pode enfrentar um mercado acirrado na safra 2018/2019. A análise faz parte de estudo realizado por técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgados no 20/08. Embora o documento completo traga pesquisas de diversos produtos, está focado especialmente nas três principais culturas: soja, milho e arroz.


grãos-e1529584456648.jpg

A produção de grãos do Brasil na safra que começa a ser plantada em setembro (2018/19) poderá aumentar entre 8 e 10 por cento, com crescimento de área semeada e um incremento da colheita de soja e milho, em condições normais de clima, avaliou o presidente-executivo da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav).


C26-tecnologia-de-producao-em-soja-e-milho-c28bbea960-1-e1528920503825.jpg

Depois que o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, apresentou ontem em São Paulo projeções que sinalizaram que a produção e as exportações brasileiras de grãos e carnes deverão crescer cerca de 30% na próxima década, a Pasta detalhou hoje que, no caso da colheita de grãos, o aumento será puxado por soja e milho, que já predominam nas lavouras.


lancamento_anuario_1-1-e1525370862826.jpg

A Abisolo lançou a quarta edição do Anuário Brasileiro de Tecnologia em Nutrição Vegetal, publicação que anualmente traz aspectos importantes do setor com a apresentação do mercado de insumos para a indústria, dados mercadológicos sobre fertilizantes especiais e informações relativas ao mercado consumidor, conteúdos que são de grande importância para nortear as estratégias e investimentos do setor.



Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade