Preço do cloreto de potássio sobe quase 50% em um ano

16 de maio de 2019
205818-como-aplicar-adubo-aprenda-a-garantir-a-uniformidade-750x410
Diante da alta, o poder de compra do sojicultor frente ao insumo é o pior desde abril de 2010. O aumento do preço deverá impactar no custo de produção e venda de outros fertilizantes a base de cloreto de potássio.

O preço do cloreto de potássio registrou alta de quase 50%, em Cascavel (PR), quando comparados os meses de março de 2019 e do ano anterior, apontam dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Diante da alta, o poder de compra do sojicultor frente ao insumo é o pior desde abril de 2010.

Em outras praças como Passo Fundo (RS), Sorriso (MT) e Luís Eduardo Magalhães (BA), a relação de troca também piorou e é a mais desfavorável desde 2012 pelo menos.

Comparado com o ano passado, o produtor precisa vender nove sacas a mais pra comprar uma tonelada de fertilizante”, diz o pesquisador Renato Ribeiro.

Para mais informações, acesse o vídeo aqui.

Fonte: Canal Rural (13/05/2019).


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade