Importação de Fertilizantes Nitrogenados, Fosfatados e Potássicos no Brasil

24 de abril de 2019
Sindiadubos-destaca-Porto-de-Paranaguá-na-importação-de-fertilizantes
O Brasil importou em 2018, 24,96 milhões de toneladas de fertilizantes N, P e K, volume 4% maior comparado ao ano de 2017.

Os fertilizantes nitrogenados (N) representaram 35% do total, o equivalente a 8,77 milhões de toneladas, aumento de 1% frente ao ano anterior. Os fertilizantes fosfatados (P) corresponderam a 23% das importações, 5,69 milhões de toneladas, com aumento de 2% no comparativo com 2017. Já os potássicos (K) 42%, equivalente a 10,5 milhões de toneladas, aumento de 9% em relação a 2017.

 

Nitrogenados

A Ureia foi o nitrogenado mais importado em 2018, com 62% do volume total, equivalente a 5,4 milhões de toneladas. A importação se manteve estável no comparativo com o ano anterior. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram fevereiro, outubro e novembro.

O Sulfato de Amônio (SA) ficou em segundo lugar, com 26% do volume, 2,3 milhões de toneladas, 22% de aumento no comparativo com 2017. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram outubro, novembro e dezembro.

O Nitrato de Amônio (NA) correspondeu a 12% do volume de nitrogenados, 1 milhão de tonelada e ficou 22% abaixo do volume importado em 2017. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram outubro, novembro e dezembro.

 

Fosfatados

O MAP foi o fertilizante fosfatado mais importado representando 58% do volume total, e 3,3 milhões de toneladas. Em relação ao volume do ano anterior, sua importação caiu 9%. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram julho, agosto e setembro.

O SSP ficou em segundo lugar entre os fosfatados, e o volume correspondeu a 19% do total, e 1 milhão de tonelada. Comparado ao volume do ano anterior, sua importação cresceu 58%. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram agosto, setembro e dezembro.

O TSP, foi responsável por 17% das importações, e 984 mil toneladas, e o volume importado foi 13% maior comparado ao realizado no ano anterior. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram setembro, outubro e novembro.

As importações de DAP corresponderam a 5% do volume total de fosfatados, 293 mil toneladas e caíram 25% em relação a 2017. Os meses de março, abril e julho, foram os que registraram maior entrada nos portos brasileiros.

 

Potássico

O volume de Cloreto de Potássio representou 42% das importações brasileiras de fertilizantes e foi 9% maior em relação a 2017. Os meses com maior entrada nos portos brasileiros foram agosto, setembro e novembro.

 

Fonte: GlobalFert (23/04/2019).


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade