Tacora reabrirá a mina de ferro e mangânes em Labrador

29 de novembro de 2018
TEL-A04-04102018-WabushMine-cp_large
A mina de Scully, em Wabush, Labrador, será reiniciada em 2019, após o fechamento em 2014, disse a proprietária da Tacora Resources na terça-feira.

A empresa recebeu US$ 212 milhões em financiamento de capital privado e dívida, que, em combinação com outros US$ 64 milhões em financiamento de dívida de equipamentos de mineração, financiará completamente a reabertura da mina.

Estamos extremamente satisfeitos por ter o reinício da mina Scully totalmente financiado e avançar com a contratação da força de trabalho e a implementação dos vários contratos comerciais e projetos de capital para trazer a mina Scully de volta à vida”, disse Larry Lehtinen, presidente executivo e CEO da Tacora em um comunicado.

A mineradora de ferro com sede em Minnesota adquiriu a Scully em julho de 2017. Seu estudo de viabilidade de dezembro de 2017, de autoria da G Mining Services e da Ausenco, informa que a Scully possui reservas provadas e prováveis de 443,7 milhões de toneladas com um teor médio de 34,83% de manganês, e mediu e indicou recursos de 734 milhões de toneladas com um teor médio de 34,6% de ferro.

O estudo também deu a Scully uma vida de 26 anos na mina, com a oportunidade de expansão, e uma produção anual média de 6 milhões de toneladas por ano de concentrado de minério. Antecipou o investimento inicial do sitio em US $ 205,5 milhões.

Fonte: CIM Magazine (28/11/2018)


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade