Mina de 103 anos de Molibdênio e Cobre, mudará tipo de exploração

13 de setembro de 2018
molibdenio615
Aconteceu no dia 09/09, a última explosão na parte inferior da operação a céu aberto , prevista para a transição para a mineração subterrânea de cavernas em meados de 2019.

Espera-se que a segunda maior operação de cobre da Codelco, por tamanho, migre para a mineração subterrânea de cavernas até meados de 2019.

A mudança de US $ 4,9 bilhões, parte da reforma de US $ 39 bilhões da Codelco de suas principais minas, deverá prolongar a vida de Chuquicamata por mais 50 anos. Isso permitirá que o produtor de cobre número 1 do mundo mantenha as taxas de produção, apesar da queda nos teores de minério e do aumento dos custos de seus ativos.

A Codelco, que transfere todos os seus lucros para o estado, possui vastos depósitos de cobre, responsáveis por 10% das reservas comprovadas e prováveis conhecidas no mundo e por cerca de 11% da produção global anual de cobre, com 1,8 milhão de toneladas métricas de produção.

No ano passado, “Chuqui” – como os moradores locais o chamam – produziu 330.900 toneladas de cobre, do total de 1.734 milhões de toneladas da companhia. A produção anual da mina secular após a transição da superfície para a extração subterrânea é projetada para ser 320.000 toneladas de cobre fino e 15.000 toneladas de molibdênio.

A mineração em mais de 1.100 metros de profundidade continuará, mas apenas na fase 49, disse a Codelco. O jateamento diminuirá gradualmente até meados de 2020, quando a última explosão está projetada para acontecer.

Fonte: Mining (12/09/2018)


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade