Preços de zinco sobem 7% em janeiro

7 de fevereiro de 2018
aumento-3
As preocupações com a oferta, o declínio dos estoques e um dólar mais fraco suportam os preços do metal e continuam a atrair a atenção dos investidores.

Os preços do zinco subiram mais de 7% em janeiro devido às preocupações de abastecimento e ao declínio dos estoques.

O metal base começou o ano negociando em US $ 3.352 por tonelada e continuou sua tendência de alta ao longo do mês, encerrando janeiro em US $ 3.589.

Os estoques de zinco atingiram um mínimo de 10 anos no mês passado, alimentando preocupações sobre o suprimento. Na verdade, a Reuters informou que os estoques em armazéns aprovados pela LME caírem em seu nível mais baixo desde 2008.

“Os preços ficarão elevados porque temos um déficit no mercado que exige redução de estoque”, afirmou o analista da Société Générale, Robin Bhar.

 

Fonte: Investing news (05/02/2018)


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559


Categorias






2019 Abisolo- Todos os direitos reservados – Política de Privacidade