Abisolo - Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal

De acordo com site Diários do Campo, os produtores deram início ao plantio de soja nos Campos Gerais (18 municípios). “As atividades estão intensas no campo. A movimentação de máquinas é grande, apesar do zoneamento permitir o plantio até 31 de dezembro”, observa o economista do Departamento de Economia Rural (Deral) do núcleo regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Luís Alberto Vantroba.

Ele observa que a maior parte dos sojicultores prefere plantar entre os meses de outubro e novembro, assim que ocorre a colheita do trigo. Nesta safra, a estimativa inicial aponta para uma área a ser plantada de 579.370 hectares, superando a da última safra que foi de 538 mil hectares. Houve redirecionamento de plantio, com os produtores destinando área maior à soja e menor ao milho em função de preço.

A previsão é que o rendimento médio alcance 3.700 quilos por hectare, inferior a do ano passado (3.964 quilos por hectare) já que a estimativa é projetada dentro das condições normais de clima (períodos de sol e chuva regulares).

Na safra passada, conforme Vantroba, a produção atingiu 2,134 milhões de toneladas, devendo chegar agora a 2,143 milhões de toneladas.

A safra do milho está 100% plantada. Houve uma redução histórica na área em relação à safra passada, passando de 99.290 hectares para 57.230 hectares, queda de 42%.

O que motivou a desistência do plantio foi à cotação no mercado agrícola. Hoje a saca de 60 quilos é vendida entre R$ 22 e R$ 23, já no ano passado, nesta mesma época, entre R$ 32 e R$ 35. Algumas multinacionais chegaram a pagar R$ 50 a saca no passado, o que estimulou o cultivo em anos anteriores.

Nesta safra, além do baixo valor os produtores estão enfrentando uma série de dificuldades. No fim de agosto, algumas áreas foram afetadas pela estiagem, “mas hoje está normal, está chovendo bem”, comenta Vantroba. A previsão inicial é uma colheita de 574 mil toneladas, partindo de uma produtividade média de 10 mil quilos por hectare. Na última safra foi colhido 1,5 milhão de toneladas com rendimento médio de 10.572 quilos por hectare.

 

 

Fonte: Diário dos Campos (18/11/2017)

 

Abisolo - Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal



Parceiro:

Abisolo - Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal


Informações Agronômicas:

Abisolo - Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal

Abisolo - Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal

Todos os direitos reservados Abisolo © 2017