Área do plantio de feijão reduziu de 30 a 40% na primeira safra nos últimos 10 anos segundo IBRAFE

23 de novembro de 2017
Apesar da área plantada estar diminuindo, a produtividade aumentou cerca de 18%.

Embora o feijão esteja no prato do brasileiro diariamente, o governo não tem olhado com a atenção que a cultura precisa e isso tem desestimulado o produtor.

Produtores do grão afirmam que estão desanimados porque os custos não param de subir e o preço não está remunerando o produtor.

Durante entrevista para o Notícias Agrícolas o presidente do IBRAFE, Marcelo Lüders, afirmou que a área do plantio do feijão vem reduzindo ano após ano, embora a produtividade tenha aumentado, mas ainda assim é um motivo de alerta. “Nos últimos 10 anos a área do plantio de feijão reduziu de 30 a 40% na primeira safra”, disse Lüders.

Apesar da área plantada estar diminuindo, a produtividade aumentou cerca de 18%, segundo informações do IBRAFE – Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses.

O produtor precisa se organizar para saber que variedade plantar para não gerar excesso de determinado tipo de feijão e com isso ter queda nos preços, indica o presidente do IBRAFE.

 

Fonte: Notícias Agrícolas (22/11/2017)


Sobre

A Abisolo, Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal, foi fundada em março de 2003 com o objetivo de representar e defender os interesses das empresas produtoras de importantes insumos que colaboram para o aumento da sustentabilidade e produtividade agrícola brasileira.


Av. Paulista, 726 – Ed. Palácio 5ª Avenida Cj 1307 – Bela Vista

(11) 3251.4559